planejamento anual de férias
Publicado em 08 de dezembro de 2020

Planejamento anual de férias: entenda como gerenciar seus funcionários

As férias são um direito assegurado pela legislação trabalhista e pela Constituição Federal. Elas devem ser concedidas a todos os colaboradores dentro do período concessivo que lhes é de direito. Você, empregador, tem a responsabilidade de realizar o planejamento anual de férias dos funcionários de modo que não gere passivos trabalhistas e problemas para a sua equipe operacional. Quer saber como gerenciar essa questão corretamente? Leia este artigo da BRG Contabilidade até o final!

Veja como fazer o planejamento anual de férias da equipe

1- Entenda o que diz a lei trabalhista

A primeira coisa que você deve fazer é obter conhecimento sobre as férias na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Após a Reforma Trabalhista de 2017, alguns aspectos relativos às férias sofreram mudanças que merecem atenção redobrada. Por exemplo, em relação ao início das férias: elas devem começar 3 dias antes de finais de semana e feriados. Além de outras alterações que você pode checar aqui.

Em suma, os conceitos básicos que você deve saber são:

  • período aquisitivo: relativo ao período de 12 meses trabalhados concedidos pela CLT. A cada período aquisitivo, o empregado passa a ter direito a 30 dias de descanso remunerado;
  • período concessivo: intervalo de meses subsequente ao vencimento do período aquisitivo. É neste momento que o colaborador deve gozar dos seus dias de férias;
  • férias vencidas: número de dias de férias que o funcionário tem direito a tirar a mais. Este direito é assegurado caso seu período aquisitivo tenha acabado sem que ele tenha recebido seus dias de descanso remunerado.

2- Considere o fluxo de demandas internas

Um dos erros mais comuns da falta de planejamento anual de férias é a deficiência do ritmo de trabalho. Na maioria das vezes, essa falha ocorre porque os gestores não priorizam as demandas internas da organização.

Por exemplo: suponha que em uma loja de roupas o ápice de vendas ocorre sempre entre dezembro e fevereiro. Esse não é o período ideal para conceder férias aos vendedores, já que a demanda de trabalho é mais intensa. Sendo assim, o ideal é estabelecer as férias para os outros meses do ano, quando houver menos circulação de clientes na loja.

Pense desta forma quando for organizar as férias dos seus funcionários. Verifique os períodos sazonais de trabalho mais intenso e planeje-se para ter a equipe completa durante essa época.

3- Evite sobrecarga e acúmulo de funções

Uma má organização do planejamento anual de férias pode causar sobrecarga nos setores e acúmulo de funções. Esses dois problemas podem ser evitados com um bom programa de treinamento para funcionários substitutos. Além disso, é preciso fazer uma divisão igualitária do trabalho entre todos os departamentos.

Assim, toda a equipe estará sempre preparada para ausências e devidamente habilitada para cobrir os funcionários que entraram de férias.

Caso seja necessário conceder férias a algum colaborador durante períodos intensos, uma boa dica é contratar mão de obra temporária para suprir a alta demanda.

A BRG Contabilidade pode ajudar você!

Agora que você sabe como realizar um planejamento anual de férias eficiente, conte conosco para fazer o cálculo do pagamento das férias. A BRG Contabilidade é uma empresa de consultoria contábil com foco na gestão corporativa. Nossos profissionais estão prontos para ajudar você a gerenciar o departamento pessoal e RH com máxima excelência!

Conte conosco para evitar passivos trabalhistas e problemas internos para o seu negócio. Entre em contato agora mesmo e conheça nossas soluções!

Gostou deste artigo? Em nosso blog você encontra outros conteúdos semelhantes: